Now Playing Tracks

OPORTUNIDADES!

Eu tive a oportunidade de andar pela areia da praia, eu tive a oportunidade de poder nadar sem precisar de alguém me carregando, eu tive a oportunidade de fazer a trilha da Praia do Forno e levar uns tombos. Tive a oportunidade de passear de barco quando me dava vontade, tive a oportunidade de ir até a Ilha do Farol, uma das praias consideradas a mais perfeita do Brasil, ir naquelas dunas e surfar nas dunas de sandboard, tive a oportunidade de levar cachote nas ondas da Praia Grande, tive oportunidade de ir nas prainhas de barco, carro e trilha. Tive oportunidade de ser independente, de ser quem eu queria, de ir onde eu desejava, de ir e vir sem dá satisfações, de sair para chorar sem ninguém notar.
Tive a oportunidade de poder ralar o joelho e sentir dor, tive a oportunidade de ter muitos amigos ao redor e depois descobrir os verdadeiros, tive a oportunidade de experimentar uma roupa e saber como a calça jeans ficou no bumbum, como fiquei com aquele vestido novo, tive a oportunidade de andar de salto alto, tive a oportunidade de sentir calos nos pés, tive a oportunidade de cansar de tanto andar, tive a oportunidade de correr, tive a oportunidade de pedalar, tive a oportunidade de andar de mãos dadas com o namorado…tive a oportunidade que muitos têm, mas não valorizam, não valorizam as pequenas coisas, as coisas mais simples da vida. Como poder correr e dá um abraço! Se sentir abraçada por inteira.
Hoje como cadeirante, sinto as mesmas vontades. Pois fui criada em uma ilha, cercada por belas praias, mas infelizmente hoje dependente das pessoas. De um amigo chegar e levar-me até a praia. Muitos colocam impedimentos, acham que não vou poder voltar a Praia do Forno por ser cadeirante, por meio destas fotos, mostro que posso e ainda faço o que para muitos poderia ser considerado impossível. Cair na água?! É mole, pois REaprendi a nadar em um centro de reabilitação, para que eu não esquecesse as sensações e o que mais gostava na minha adolescência. Não tem nada melhor que sentir o mar, sentir o cheiro de maresia, sentir seus pés na areia, mas hoje sinto minhas mãos nela. 
E por meio desta declaração e foto mostro que sou capaz de muito mais do que você possa imaginar. Na minha vida, quem coloca os limites SOU EU. Só Deus e eu pode dizer se eu POSSO ou NÃO POSSO. Sai do hospital sem poder sentar, e hoje faço até pilates e até ponte na bola suíça. Se não tem rampa ou não, eu subo e desço do mesmo jeito. Se o lugar não é acessível para receber TODAS as pessoas, o lugar que é DEFICIENTE. Se eu não sirvo para ser sua amiga, você não serve para ser amigo de ninguém, pois uma cadeira para mim não passa de apenas um acessório. Se para você a vida acaba quando se torna cadeirante, então você não sabe o que é viver.
TRABALHO, VIAJO, NAMORO, DESNAMORO, SAIO COM OS AMIGOS, COMEMORO, CHORO, SORRIO, SEI NADAR, JOGO TÊNIS, BASQUETE E CANOAGEM, PASSEIO DE BARCO ETC…O limite na minha vida é contar com um amigo, é contar com você que está lendo isso, é contar com você que um dia esteve ao meu lado há 7 anos atrás e aprontávamos todas e você não me deu a OPORTUNIDADE de mostrar que continuei a Vanessa de sempre, só que hoje com muito mais confiança, juízo, determinação, amiga e acreditando no impossível. E poder contar com a acessibilidade dos locais para que eu possa-me sentir a vontade e confortável sozinha ou com amigos. I MISS YOU!
Não me importa se não houver o amanhã. Me deram a vida, e não a eternidade. 

Vanessa Pimentel 

Need a little patience ♪

ouvindo Patience- Guns N’ Roses em Arraial do Cabo.

Saudade…

….uma palavra simples, mas com um significado tão importante.
Sinto saudades de tantas coisas, coisas que se passaram, coisas que deixei passar, pessoas que se foram, pessoas que se afastaram e principalmente da minha vida, antes da lesão medular.
Depois da minha lesão eu nunca mais consegui me apegar a alguém como antigamente, nunca mais deixei me envolver em um relacionamento e amar de verdade. Por um lado pode ser bom, porque vejo minhas amigas sofrendo por amor o tempo inteiro…mas o outro lado é que sinto saudades de falar “meu amor”, acordar ansiosa pra ver aquela pessoa, esperar o dia dos namorados, andar de mãos dadas, ir na praia juntos, abraçar quando mais preciso desabafar, carinhos, brigas, ciúmes e no final tudo terminar em: “Me perdoa, eu te amo enjoada”.
Escuta tantas músicas, e gostaria tanto de escutar uma que me fizesse lembrar de alguém, nossa tô precisando de sofrer por amor! rsrs…é engraçado dizer isso né, devem estar me achando maluca. Mas é muito ruim não amar, ás vezes ser amada e não conseguir retribuir, mesmo que eu tente, faça um esforço…não consigo ser aquela menininha apaixonada.
Hoje em dia, após quase 6 anos de lesão medular…só consigo amar minha família e os amigos que me cercam e me fazem felizes, mas um amor de uma mulher para um homem, não consigo. Aprendi me amar demais, principalmente depois que perdi meus movimentos inferiores. Acho que não tem como chorar por alguém, se não chorei por ter ficado paraplégico…acho que não choraria por um homem, que ás vezes nos despreza, trai, não valoriza o que sentimos por ele e o que fazemos.
Mas quero encontrar alguém que me faça me sentir completa, me sentir única em seu mundo, que me faça feliz e me entenda, entenda minhas limitações, meus estreasses as vezes, minha carência, minha TPM e por ai vai…aquelas coisas bem chatas de mulher!
Depois que voltei para a igreja, entendi que a melhor coisa que podemos fazer é esperar. Por isso eu apoio o “EU ESCOLHI ESPERAR”.
Espero em Deus, sei que Ele vai me mandar o melhor. Não precisa ser perfeito, precisa ser fiel à Deus e comigo. A saudade que sinto dentro de mim, ele vai entender e compreender . Pois peço isso à Deus todos os dias.
Quero que seja inesquecível o seu sorriso, sua voz doce aos meus ouvidos, estar contigo e me fazer feliz, o carinho me fazer tão bem, compartilhar os meus segredos e tentar o impossível só para mostrar o que eu sinto.
Não sei quem é você ainda, mas consigo sentir esse sentimento como se já te conhecesse e sei que você chegará no momento certo e Deus vai me mandar. Vou agradecer eternamente à Deus por ter me dado você.
E eu não espero um namorado…espero por um esposo e amigo. Se não serve pra ser amigo, não serve pra ser marido. 

Romeu & Julieta

Quem é aquela dama, que dá a mão ao cavalheiro agora? Ah, ela ensina as luzes a brilhar! Parece pender da face da noite como um brinco precioso da orelha de um etíope! Ela é bela demais pra ser amada e pura demais pra esse mundo! Como uma pomba branca entre corvos, ela surge em meio às amigas. Ao final da dança, tentarei tocar sua mão, pra assim purificar a minha. Meu coração amou até agora? Não, juram meus olhos. Até esta noite eu não conhecia a verdadeira beleza.
Você está pronto para recomeçar? 
O caminho está a tua espera, pé na estrada, coloque um sonho na alma, fé no coração e esperança na mochila, a vida se enche de novidades para os que se aventuram na viagem que conduz a verdadeira liberdade.
Amigos escolhemos e são nos momentos mais difíceis de nossas vidas, que reconhecemos os verdadeiros. São aqueles momentos que você pode achar que tudo tinha acabado, mas Deus nos envia anjos e mostra que para Ele nada é impossível para todo aquele que nEle crê. E Deus me enviou esses anjos, que me fez ter vontade de viver novamente, que me fez sentir util novamente, que não importa a situação que você se encontra. 
Em todo tempo se ama um amigo, mas na hora da angustia nasce um irmão”. 
São coisas simples no dia-a-dia de cada um, mas que em em minha vida ficou marcado e ficará marcado para sempre, pois cada momento valeu a pena estar com vocês. Pois não importava se tinha escada ou não, nós subimos e descemos do mesmo jeito.
Com vocês conheci o verdadeiro significado da palavra amizade, pois em 2006 muitos me deixaram de lado…mas vocês não! Mayara me conhece desde que nascemos (hehehe), e elasempre me visitando e me deixando por dentro da moda…me levando brincos que EU AMO, e está comigo até hoje. Vocês sempre me colocando no colo pra levar pra sair, sem medir esforços algum. Angelica vi quando era pequena, mas não a reconheci quando vi na praça…e depois desse dia nunca mais nos desgrudamos…
Nossa amizade começou comigo na cadeira, mas aos olhos dela nunca existiu cadeira, sempre preocupada com meu pé pra não machucar. Ela e Mayara sempre preocupadas para que meu pé não machucasse, caísse da cadeira, na hora de colocar no carro, na hora de ir pra festas…etc!
Foram muitas experiências juntas e que sei que o melhor ainda estar por vir. Pois sei que posso contar com vocês pra chorar, pra sorrir, pra bagunçar, viajar, ir na praia….
vocês me provaram isso e eu não tenho palavras para agradecer e fiz essa pequena montagem, pois se colocasse todas as nossas fotos não iria caber.



Amo a vida de vocês! 
To Tumblr, Love Pixel Union